Notícias

27 de julho de 2020

Dia do Pediatra – 27 de julho

Voltar

Compartilhe:

Pediatra e seu fundamental papel na vida do bebê e família

Dia do Pediatra – 27 de julho

O Dia do Pediatra é celebrado anualmente no dia 27 de julho. A data foi escolhida por ser o dia da fundação da Sociedade Brasileira de Pediatria, ocorrida em 1910.

E nesta data, para destacar a importância deste profissional para os bebês e suas famílias, o pediatra e nutrólogo infantil Luiz Fernando Cervantes, credenciado do Círculo Saúde, aborda motivos para por que ter um pediatra. Dr. Luiz é professor Pediatria na Universidade Caxias do Sul e mestre em Saúde da Criança e Adolescente, pela UFRGS.

Em resumo, porque ter um Pediatra? A prática pediátrica basicamente inicia-se ainda na gestação, quando é escolhido profissional que, juntamente do obstetra, assistirá literalmente ao pequeno respiro de ar daquele que geralmente é o maior projeto de uma família.

Ainda na gestação o pediatra pode tirar dúvidas e incentivar medidas de proteção e boas práticas para quando o pequeno bebê chegar. Algumas vezes, os pediatras devem ser delicados para retirar mitos e crenças que podem ser de risco aos bebês, e devem ser abordados com extrema parcimônia, para não perder o vínculo do médico com as mães, pais e seus familiares.

Algumas ideias são profundamente arraigadas na cultura popular e o pediatra deve, de maneira gentil, mostrar que muitas boas práticas divergem do que habitualmente as pessoas ouvem. Sempre deixando a família segura para não se sentir julgada, afinal de contas, nenhum pai ou mãe precisa de curso para essa maravilhosa responsabilidade que está prestes a iniciar.

Dentre os diversos incentivos no início da vida do bebê, salienta a importância do aleitamento materno, as prevenções de fissuras de mamas e revisões para ganho de peso do bebê, assim como as posições mais confortáveis, para o binômio mãe-bebê, permitirem o mais completo alimento – leite materno - ser altamente aproveitado. Uma posição e pega adequadas da mama da mãe pelo bebê são fatores de sucesso no aleitamento, prevenindo diversas doenças no futuro.

A introdução de alimentos sólidos também é um momento que gera diversas dúvidas por parte das mães e familiares e geralmente por volta dos seis meses deve ser minuciosamente orientada. Cada família tendo seu estilo alimentar próprio, desde que seguidas certas regras simples como adaptação da consistência do alimento para a faixa etária, fazem da introdução alimentar outro momento importante para aumento de vínculo entre pais e bebês. É importante desfazer mitos que muitas vezes estão vinculados e que algumas vezes podem contribuir para no futuro da criança sofrer de obesidade, seletividade de alimentos ou alguma outra dificuldade alimentar.

Acompanhar o desenvolvimento considerando os diversos marcos específicos de cada idade também é uma constante nas consultas pediátricas, assim como o pediatra orientar maneiras para estímulos mais precoces possíveis, como trocar uma tela por imagens tridimensionais de livros para bebês, inventar brincadeiras apropriadas para as idades, ensinar os primeiros traços com giz de cera ou tinta e papel. Enfim, várias atribuições dos pediatras que muitas vezes passam desapercebidas, em meio às famosas viroses, doenças respiratórias e intestinais que também são motivos de preocupação dos pais.

O mais importante, além do vínculo com o bebê, é poder ter a liberdade de aprender com o pediatra e sentir que ele também aprende diariamente com os pais, num processo onde o maior ganhador é a criança.

O Círculo conta com uma rede de credenciados de aproximadamente 90 pediatras para bem atender seus beneficiários.

Parabéns a todos os pediatras pela passagem do seu dia, e que sejam valorizados e reconhecidos todos os dias.

Compartilhe: