Notícias

21 de julho de 2020

Medicina em cuidados paliativos

Voltar

Compartilhe:

Medicina em cuidados paliativos, suporte a clientes e familiares em final de vida.

Os beneficiários internados no hospital do Círculo contam com a assistência qualificada e diferenciada da Equipe Multidisciplinar de Cuidados Paliativos, composta por profissionais das diversas áreas do cuidado, visando uma atuação integral ao cliente e seus familiares e garantindo assistência em todas as dimensões do cuidado.

Este trabalho também é oferecido no Centro de Oncologia do Círculo, onde há um grande número de atendimentos e é coordenado pela Dra. Fernanda Francieli da Silva, médica paliativista, formada pelo Instituto Paliar (SP).

O cuidado paliativo é uma abordagem dentro do atendimento ao paciente para amenizar a dor e o sofrimento da doença que leva à internação, sejam eles de origem física, psicológica, social ou espiritual.

Os cuidados paliativos focam na pessoa e não na doença, tratando e controlando os sintomas para que o paciente se sinta melhor e tenha mais qualidade de vida, juntamente com seus entes queridos. O atendimento também visa a auxiliar a família na tomada de decisões, frente a situações delicadas, num momento em que há fragilidades.

Dentre os objetivos do trabalho estão: utilizar uma abordagem de equipe para atender às necessidades dos pacientes e suas famílias, incluindo aconselhamento de luto, realizar investigações necessárias para melhor compreender e gerir complicações clínicas, proporcionar alívio da dor e outros sintomas angustiantes, integrar os aspectos psicológicos e espirituais e oferecer um sistema de apoio para ajudar a família a lidar com a doença do paciente e do seu próprio luto.

Segundo a dra. Fernanda Francieli da Silva, "seguindo a visão e a missão de nossa instituição percebo que o Cuidado Paliativo vem para agregar em todas as dimensões. É desenvolver um olhar mais cuidadoso para nossos clientes e seus familiares. Contamos com suporte de outros profissionais como psicólogos, farmacêuticos, nutricionistas, fisioterapeutas, enfermeiros, entre outros. Esses profissionais têm um olhar diferenciado para os desejos e preferências dos nossos pacientes, reservando sua autonomia, inclusive no final da vida. Isto faz toda a diferença no cuidado".

Compartilhe: